Books

Pre-reflective Consciousness – Sartre and contemporary philosophy of mind

Pre-reflective ConsciousnessPre-reflective Consciousness – Sartre and contemporary philosophy of mind. Sofia Miguens, Gerhard Preyer and Clara Morando (eds.). London, Routledge, 2016. ISBN: 978-1-138-92581-6 (hardback); 978-1-315-68114-6 (ebook)

Pre-reflective Consciousness: Sartre and Contemporary Philosophy of Mind delves into the relations between the current debates on consciousness within analytical philosophy and the debates taking place in continental philosophy in the twentieth century and in particular within the work of Sartre. Examining the return of the problem of subjectivity in philosophy of mind and the idea that phenomenal consciousness could not be reduced to functional or cognitive properties this volume aims to rethink borders between what counts as ‘inner’ and ‘outer’ when the nature of the mental is at stake.

Ser ou não ser Kantiano

Ser ou não ser KantianoSer ou não ser Kantiano. Coord. Sofia Miguens Paulo Tunhas, João Alberto Pinto e Susana Cadilha. Lisboa, Colibri, 2015. Colecção Episteme. ISBN: 978-989-689-419-1

Este livro reúne trabalhos do Projecto The Bounds of Judgement (PTDC/FIL-FIL/109882/2009), em particular aqueles ligados ao seminário Ser ou Não Ser Kantiano, que decorreu em 2013 na Universidade do Porto, organizado por Sofia Miguens, Paulo Tunhas, João Alberto Pinto e Susana Cadilha. A principal intenção do seminário era contrapôr as concepções kantiana e fregeana de juízo. A concepção fregeana de juízo foi o centro da exploração da natureza do pensamento e dos pensadores no Projecto The Bounds of Judgement. Ela ficou expressa no livro Frege e Intérpretes de Frege – Seminário de Charles Travis, editado por Sofia Miguens e Susana Cadilha e publicado nesta mesma colecção. Ser ou Não Ser Kantiano funciona como a contraparte de Frege e Intérpretes de Frege. Para além do choque das propostas, fregeana e kantiana, acerca do que é ser um pensador, houve, no seminário Ser ou Não Ser Kantiano, interessantes discussões, de todo o tipo, acerca da filosofia kantiana ela própria, das quais aqui fica um sinal.

Frege e Intérpretes de Frege

Frege e Intérpretes de FregeFrege e Intérpretes de Frege. Seminário de Charles Travis. Lisboa, Colibri, 2013. Colecção Episteme. Sofia Miguens e Susana Cadilha (eds). Páginas. ISBN: 978-989-689-383-5.

Fala-se aqui não apenas da natureza de pensamentos (comummente tratados sob o título de ‘proposições’), sentido, referência, conceitos e objectos, ou da natureza de uma Begriffsschrift ou escrita conceptual (o nome que Frege deu ao seu sistema de lógica), mas também de questões que se prendem com a natureza da representação, da primeira pessoa e da e com uma concepção da da lógica e da verdade. No fundo, e em suma, trata-se de tentar definer o que é ser um pensador. Tal como aconteceu nos seminários que deram origem ao volume, os textos de Frege estão no centro da exploração dos temas (prefácio)

Acção e Ética – Conversas sobre Racionalidade Prática

Acção e ÉticaAcção e Ética – Conversas sobre Racionalidade Prática, Sofia Miguens e Susana Cadilha coords., Lisboa, Colibri, 2011, 310 pp. ISBN: 978-972-772-155-8).

O presente volume explora tópicos centrais da filosofia da acção tais como a natureza e a explicação das acções, bem como questões adjacentes relativas a agência, intenção, deliberação, decisão, acrasia, etc. Procura-se ainda investigar se as posições perante tais tópicos e questões se reflectem em concepções substanciais do que se deve fazer, e portanto na ética.

Aspects of Judgement – Proceedings of C-MLAG Annual International Conference 2009 & 2010

Aspects of JudgementAspectos do Juízo / Aspects of Judgement – Actas do Colóquio Internacional Anual C-MLAG 2009 & 2010 / Proceedings of C-MLAG Annual International Conference 2009 & 2010, Miguens, Pinto e Teles coords., Porto, FL-UP, MLAG Discussion Papers vol. 4, 2011. 295 pp. ISBN: 978-972-8932-69-5; ISSN: 1646-6527.

This volume includes in Part I (The Bounds of Judgement) materials from the beginnings of project The bounds of judgement – Frege, cognitive agents and human thinkers and in Part II (From an Ethical Point of View) further work by Mind, Language and Action Group (MLAG) researchers. The volume also marks the close collaboration of MLAG (University of Porto) with the research group Episteme (University of Santiago de Compostela), embodied in exchanges between ongoing projects The bounds of judgements – Frege, cognitive agents and human thinkers (PTDC/FIL-FIL/10798/2009) and Cognitive attitudes and the justification of knowledge (FFI2009-08828). We stick to the principle adopted for our two collections at FL-UP of publishing texts in the languages we work in, which in this case means, besides Portuguese, English, French, Spanish and Galician. We believe multilingualism with English as common denominator is the future for research in Europe, and we are very happy that this conviction is shared by all MLAG members and by all of those with work with us